Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


pausa para café #1

por cineteratura100mg, em 13.08.14

Uma destas noites sonhei que poderia viver assim. Com o assim, quero eu dizer viver da escrita. Sim, eu gosto de escrever. Às vezes até gosto muito de escrever. Já houveram dias que me apaixonei por aquilo que escrevi. Outros houveram que não. Mas isso, creio que nem todos os dias o pão saí bonito do forno.
No meu sonho eu escrevia sempre. Escrevia de manhã e à tarde e à noite esempre que me apetecia e e ainda podia dar passeios largos pela praia quando o dia finda e a noite ainda não caiu. Não sei se vendia livros nem ninguém veio pedir-me autógrafos. Não tenho presente a parte pragmática do sonho. Também, pouco importa já que nos sonhos não é preciso comer e a roupa nunca se gasta. Tenho só presente que escrevia e o prazer que tinha com o acto.
Sonhar faz bem e ter conhecido a sensação - os sonhos podem por vezes ser bem reais - de fazer da vida o que se gosta, também. Na verdade, que seria de nós sem os sonhos? Todos os sonhos. Os que temos a dormir mas também os que temos acordados. 

Cláudia Moreira

Autoria e outros dados (tags, etc)



perfil

 photo 01206fd6-bfa9-48ec-9a24-de0761c942a1_zps232780df.jpg

contador


online


Posts mais comentados