Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


poema #1

por cineteratura100mg, em 08.08.14

o tempo.

o tempo que voa e a vida também

se veste de outono e  fios de prata.

o tempo.

conheço-o de o ver passar

na minha janela.

o tempo.

fecho-lhe a porta que ele teima

em tranpôr para me abraçar.

o tempo.

não existe.

é mera palavra de dicionário.

se existir, lanço-o no céu

como um papagaio de papel.

há-de então perder-se no vento

que despenteia a copa das árvores

e anuncia a tempestade.

o tempo.

não existe em mim,

mas fora de mim.

 

cláudia moreira

Autoria e outros dados (tags, etc)



perfil

 photo 01206fd6-bfa9-48ec-9a24-de0761c942a1_zps232780df.jpg

contador


online


Posts mais comentados