Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


fotografia #9

por cineteratura100mg, em 30.05.14

Fotografia de Paulo Nozolino

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

música #7

por cineteratura100mg, em 28.05.14

Chet Faker

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O escritor que já não escrevia #7

por cineteratura100mg, em 27.05.14

 

Durante o dia fumou cinquenta e cinco cigarros, até se dar conta de que já não tinha mais nenhum. Gastou cento e sete post-it que acabaram amarfanhados no lixo e não comeu nada além de uma sopa já ligeiramente rançosa que estava no frigorifico. Eram nove da noite quando saiu de casa. Não mudou de roupa. por baixo da casaco coçado levava a mesma roupa do dia anterior. Ele cheirava a cigarro e a odores corporais. Estava escuro porque a cidade naquela parte era muito menos luminosa. Um cão defecava debaixo do plátano que cobria de sombras a porta do Escritor. Ao olhar, o Escritor pensou que a sua vida cheirava exactamente da mesma maneira que os dejectos do cão.

Foi comprar dez volumes de cigarros. O homem do quiosque ainda olhou inquisidoramente para o Escritor mas ele não lhe deu troco. Não queria que lhe perguntassem do livro que não estava capaz de escrever. Ao voltar a casa esqueceu-se do cão e pisou algo que estava no chão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

livros #5

por cineteratura100mg, em 26.05.14

Os Espiões de Luis Fernando Verissimo

 

 

 

 

Gosto muito de livros que falam sobre livros, sobre a escrita e sobre os escritores. Este é um bom exemplo da boa literatura que usa a escrita como ponto de partida para a história.

 

Conhecia o Luis Fernando Verissimo de nome, mas ainda não tinha lido nada dele. Há algum tempo atrás tive a sorte de encontrar alguns bons livros no Continente a um preço excelente e pude finalmente trazer para casa cinco livros de uma vez só que é coisa para acontecer apenas em dias de festa! Este foi um deles. E foi uma grande sorte. Adorei desde a forma como o autor escreve até à história em si, simples mas rica. As personagens são todas muito bem construidas e algumas até muito engraçadas. Lê-se tudo de uma assentada e fica-se com pena que termine que não se saiba mais nada do que acontece com cada uma das personagens da história.

 

Recomendo.

 

 

Sinopse da Wook
Ainda a curar-se da ressaca do fim-de-semana, uma manhã de terça-feira o funcionário de uma pequena editora recebe um envelope branco com letras trémulas. Dentro dele encontra as primeiras páginas de um livro de confissões escrito por uma certa Ariadne, que promete contar a sua história com um amante secreto e, depois, suicidar-se.

Atormentado por sonhos românticos, esse boémio frustrado com o seu casamento e infeliz no trabalho, decide descobrir quem é Ariadne e, se possível, salvá-la da morte anunciada.

Na mitologia grega, ela ajuda Teseu a sair do labirinto. Luis Fernando Verissimo cria uma Ariadne ao contrário, que vai enfeitiçando o protagonista e os seus amigos de bar, os deliciosos e risíveis espiões deste livro. Linha a linha, como um fio costurando a comédia ao drama quotidiano, Verissimo constrói a teia de onde os seus personagens talvez não escapem - um universo alegórico, diabolicamente engraçado e culto, que também captura o leitor até ao final desse enigma.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

fotografia #8

por cineteratura100mg, em 24.05.14

 

Fotografia de Annie Leibovitz

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

filme #5

por cineteratura100mg, em 23.05.14

O Rapaz do Pijama às Riscas de John Boyne

 

 

Este livro foi um daqueles que me fizeram saltar as emoções por todos os lados. Depois mais tarde vi o filme e na minha opinião o filme é muito bom. Posso dizer que não ficou nada atrás do livro.

 

Uma familia alemã, vai viver para um campo de concentração, porque o pai foi nomeado para trabalhar lá. Têm um filho pequeno que se torna amigo de um judeu que vive do lá de lá... Não conto mais porque quem não viu deve ver. A amizade, mais forte que tudo, sobretudo a das crianças, que são ainda a inocência que vai amenizando o mundo.

 

Aconselho vivamente o livro e o filme. 

 

Sinopse da Wook:

 

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.

Ao regressar da escola um dia, Bruno constata que as suas coisas estão a ser empacotadas. O seu pai tinha sido promovido no trabalho e toda a família tem de deixar a luxuosa casa onde vivia e mudar-se para outra cidade, onde Bruno não encontra ninguém com quem brincar nem nada para fazer. Pior do que isso, a nova casa é delimitada por uma vedação de arame que se estende a perder de vista e que o isola das pessoas que ele consegue ver, através da janela, do outro lado da vedação, as quais, curiosamente, usam todas um pijama às riscas. Como Bruno adora fazer explorações, certo dia, desobedecendo às ordens expressas do pai, resolve investigar até onde vai a vedação. É então que encontra um rapazinho mais ou menos da sua idade, vestido com o pijama às riscas que ele já tinha observado, e que em breve se torna o seu melhor amigo…
 

 

 

Um filme de Mark Herman

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O escritor que já não escrevia #6

por cineteratura100mg, em 22.05.14

 

De manhã acordou estremunhado por um sonho bom. Sonhou que tinha escrito um livro inteiro durante a noite. Saltou da cama e foi até ao computador verficar a veracidade dos factos. Poderia, eventualmente, não ser um sonho, mas sim uma memória. O monitor estava negro. Cada vez menos esperançoso, porque entretanto os pés frios no chão de madeira comida pela tempo, iam fazendo despertar o Escritor do sono. Mexeu no rato e devagar o monitor ganhou luz. A página continuava em branco. Um misto de desilusão e cansaço atingiu o Escritor. Tinha sido um sonho, bom, mas um sonho. Sentou-se novamente à secretária. Acendeu um cigarro. Ainda estava em jejum e sentiu uma pontada de dor no estômago. Olhou a página em branco por entre o fumo azulado do cigarro. De olhos franzidos tentou fixar todo aquele branco, como se estivesse à espera que fosse do branco que a ideia lhe fosse por fim surgir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

festivais #1

por cineteratura100mg, em 22.05.14

Black&White  - Festival Internacional Audiovisual 

 

11º Edição - Já começou!

 

A não perder!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O escritor que já não escrevia #5

por cineteratura100mg, em 20.05.14

 

Adormeceu. Quando acordou, mais ou menos pelas quatro da manhã, tinha o pescoço dorido e os pés gelados. Levantou-se a custo e arrastou-se até à cama ainda por fazer. Na verdade a cama estava por fazer desde a última vez que mudara os lençóis. O Escritor naquele momento, com os olhos inchados do sono e do álcool que agora bebia todas as noites, não estava preocupado com os lençóis. O computador ficou ligado ainda com a página em branco. As folhas de papel, que tinham agora manchas de gordura, estavam em cima do teclado.

O Escritor tirou a roupa já deitado e antes de fechar os olhos pensou que seria bom sonhar com alguma coisa interessante e escrevivel, palavra que ele usava frequentemente mas que não existia em nenhum dicionário conhecido.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

livros #4

por cineteratura100mg, em 19.05.14

 

 

Homenagem ao Papagaio Verde e Outros Contos de Jorge de Sena

 

 

 

 

Foi a minha primeira experiência com este autor. Como ainda não tinha lido nada dele, escolhi um bocadinho à sorte e creio que comecei por algo de bastante fácil leitura. Mesmo assim gostei bastante da escrita fluente e inteligente do Jorge de Sena. Na minha próxima incursão à biblioteca tenciono trazer um dos seus romances mais conhecidos, talvez o Sinais de Fogo que mais tarde deu origem a um filme.

 

Neste "Homenagem ao Papagaio Verde e outros contos" em que começamos com um conto que pode ser lido por qualquer pessoa, dos miúdos aos mais graúdos, avançamos depois para textos mais complexos, mais adultos, mais exploratórios da alma humana, da vivência do ser comum e do ser menos comum.

 

Ao que dizerm o homem é um génio. Vou tirar isso a limpo!

 

 

Sinopse da Fnac

 


Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura8º Ano de escolaridadeLeitura orientada na Sala de Aula - Grau de dificuldade III Três histórias que nos falam dos sentimentos que unem os homens, crianças e adultos, e os animais!O arisco Papagaio Verde torna-se o confidente e companheiro da criança, partilhando com ela o gosto de ouvir música e o desgosto da triste prisão em que vivem;o Sultão e o lavrador, parceiros no trabalho da terra e nas folias, que se reencontram, num apertado abraço;o desgosto e o remorso sentidos pelo rapaz, perante a imagem da águia e dos seus filhinhos, os três mortos por sua culpa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



perfil

 photo 01206fd6-bfa9-48ec-9a24-de0761c942a1_zps232780df.jpg

online


Posts mais comentados