Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

filme #2

por cineteratura100mg, em 19.04.14
A Rapariga que roubava Livros


Nem sempre vejo os filmes que tiveram origem em livros. A explicação para essa minha atitude é que na maioria das vezes o meu imaginário é demasiado diferente do imaginário do realizador e acabo por me desiludir. Quando leio um livro vou construindo imagens, algumas em movimento como num filme, daquilo que vou lendo. Se gosto do que leio fica-me para sempre um gostinho especial cá dento. Fica um carinho especial pelo livro e pelas memórias que me ajudou a construir. Muitas tenho vontade de conhecer as personagens e os lugares, verdadeiros ou inventados, onde se passa a acção. Basicamente é como se eu mesmo tivesse estado presente na história, dentro do livro, tu cá, tu lá, com as personagens.


Neste caso em especifico, resultaram imagens muito fortes da leitura. Mesmo à distância de muitos meses que separaram a leitura do visionamento do filme, as imagens estavam em mim ainda muito nítidas. Por isso quando vi o filme, que até gostei, senti-me ligeiramente defraudada porque estava à espera de uma outra coisa. Não necessariamente melhor ou pior, simplesmente diferente.  É o correr o risco. Corri e correu medianamente bem.


Quando ao filme, gostei que houvesse algum respeito pela narrativa e também dos actores de grande qualidade que foram convidados a integrar o elenco. Nada a apontar. Talvez eu não tivesse posto a personagem principal tão bonita, mas isto sou eu que associo este período de guerra ao frio, ao pó, à sombra e ao negro. 



Um filme de Brian Percival



Autoria e outros dados (tags, etc)


perfil

 photo 01206fd6-bfa9-48ec-9a24-de0761c942a1_zps232780df.jpg

online


Posts mais comentados